Meus olhares vão além de um único universo, passeio por sonhos, desejos, fetiches, sentimentos...olhando o mundo de forma livre...da forma como mulher que sou.
"A partir do momento que você descobre realmente a pessoa que você é, o que falam sobre você já não tem tanta importância assim." Caio F. Abreu

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Carências


Meu corpo tem fome de outro corpo,

minha boca tem sede de outra boca,

as línguas brincando, provando, provocando...

Minhas mãos querem sentir maciez e dureza,

tocar reentrâncias e protuberâncias,

afagando, apertando, arranhando...

Meus braços querem enlaçar outros braços,

manter a proximidade, o calor,

prendendo, aprisionando, sufocando...

Minhas pernas querem se abrir a prazeres,

permitir a entrada do gozo,

ansiando, ardendo, desejando...

Mas minha alma...

Ah, minha alma!

Esta tem fome de amor!

Além de outro corpo, quer outra vida.

Além de outra boca, quer o sorriso.

Além da língua, quer as palavras.

Além das mãos, quer o carinho.

Além dos braços, quer o abraço.

Além das pernas,quer caminhar junto.

Mais que o desejo, que o fogo, que o prazer, que o gozo,

quer o sonho, a cumplicidade, a companhia, o olhar...

Quer o frio na barriga e o calor no coração.

Quer você, meu amor, enlouquecendo de tesão!

By Rosa Pinho

2 comentários:

sub_ ísis disse...

delicia de texto...
Ah essas fomes essas sedes uiiiiiiiiiiiiii
Brilhante cristal tenha o restante da semana iluminada
beijos cristalinos

sub_ísis

Luis Nantes® disse...

Uhauuu!! Que texto delicioso... Adorei, viu?