Meus olhares vão além de um único universo, passeio por sonhos, desejos, fetiches, sentimentos...olhando o mundo de forma livre...da forma como mulher que sou.
"A partir do momento que você descobre realmente a pessoa que você é, o que falam sobre você já não tem tanta importância assim." Caio F. Abreu

domingo, 23 de maio de 2010

Canção para um Desencontro - Lya Luft


Deixa-me errar alguma vez, porque também sou isso: incerta e dura, e ansiosa de não te perder agora que entrevejo um horizonte.
Deixa-me errar e me compreende porque se faço mal é por querer-te desta maneira tola, e tonta, eternamente recomeçando a cada dia como num descobrimento dos teus territórios de carne e sonho, dos teus desvãos de música ou vôo, teus sótãos e porões e dessa escadaria de tua alma.
Deixa-me errar mas não me soltes para que eu não me perca deste tênue fio de alegria dos sustos do amor que se repetem enquanto houver entre nós essa magia.

2 comentários:

anaclaudiaassis disse...

Cristal, linda, menina, mulher, amante, amiga...Estou sem palavras para elogiar sua delicadeza, sua sensibilidade...Seu blog está muito lindo, informativo, forte e sútil ao mesmo tempo...Parabéns, continue assim, estou te acompanhando.

Beijos doces

Anysha_Sádico

{cristal}_DARIUS disse...

Querida,
Obrigada pelos elogios...você foi uma amizade que surgiu num momento delicado e onde pude descobrir a pessoa maravilhosa e íntegra que és.

Beijos doces