Meus olhares vão além de um único universo, passeio por sonhos, desejos, fetiches, sentimentos...olhando o mundo de forma livre...da forma como mulher que sou.
"A partir do momento que você descobre realmente a pessoa que você é, o que falam sobre você já não tem tanta importância assim." Caio F. Abreu

terça-feira, 13 de abril de 2010

BDSM X BAUNILHA = SENTIMENTOS

Às vezes me pego perguntando porque tantas pessoas tem medo de demonstrarem seus sentimentos, de vive-los intensamente, e porque alguns insistem em taxar de "abaunilhamento" toda manifestação de afeto demonstrada entre Donos e submissas.
Não importa se baunilha ou BDSM, o que importa são os sentimentos, que ultimamente vem sendo deixados de lado, esquecidos, ou pela corrida do dia-a-dia ou pelo medo e insegurança em se ter relações de verdade, relações reais.

Vivenciamos experiências virtuais muitas vezes com medo de leva-las ao real, preferindo praticar o imaginário, a ilusão do mundo virtual.
Teorias podemos aprender em diversos e variados sites, mas a prática, essa só conseguimos vivenciando, experimentando, aprendendo a lidar com nossos medos, incertezas e inseguranças. Precisamos da teoria como guia base, porém, a prática é que será o grande diferencial dentro da relação, essa sim definira o jogo. Sejam teorias BDSM sejam teorias baunilhas.
E quem disse que essa relação dentro dos preceitos BDSM deve ser fria, distante, sem emoção? Onde está escrito que o BDSM não é movido a emoções?
A emoção, o sentimento....é isso que nos leva as teorias e as práticas...e isso nada tem de "abaunilhamento"...isso tem de verdadeiro...de verdadeira entrega, tanto do Dono pela submissa e vice-versa. Porque relação é isso...uma troca...uma cumplicidade...confiança e lealdade para com o outro, o seu parceiro. Sim parceiro! Dono é parceiro da submissa. E isso, esses elementos, tanto faz se BDSM ou baunilha, é relação, é sentimento.
Mas nem todos conseguem vislumbrar essa grandeza, nem todos conseguem vivenciar esse momento. Alguns passam pela vida sem jamais experimentarem a emoção da entrega ao outro, o cuidar do outro, ou aquela cumplicidade onde não se faz necessário palavras.
Viver essas emoções não é fácil, precisamos nos entregar sem tantos medos ou receios, temos que confiar em nossos parceiros, sejam baunilhas ou BDSM, e ai reside a insegurança, é quando o mundo parecer ruir. Bate aquela inquietação: "e se eu me entregar e não for correspondida ou correspondido?". Essa pergunta não poderá ser respondida a menos que você se permita experimentar tal entrega...tal confiança. Se cair, der errado, com certeza irá doer, mas se formará uma cicatriz que te servirá de base no seu crescimento e desenvolvimento como mulher...como submissa. É como aprender a andar de bicicleta, caímos, levantamos e tentamos novamente, aprendendo com cada queda para não mais repetir o mesmo erro, até o dia que finalmente conseguimos nos equilibrar sobre duas rodas e saímos felizes pedalando para o mundo.
Relações não são fáceis em nenhum meio, mas nem por isso podemos nos restringir a não vive-las. No BDSM as relações também são complicadas, trabalhosas, requer paciência e muito cuidar de ambas as partes, e muito pior quando essa relação não se permite viver o que, repito "alguns poucos", chamam de "abaunilhamento" dentro do meio.
Vivamos nossas relações da melhor maneira que convenha ao nosso Dono e a nós, pois o que realmente irá importar no final será a nossa felicidade...a felicidade do casal. Se tem vontade de dizer eu te amo ao seu Dono diga...se quer lhe dedicar uma poesia dedique...e o Dono também, porque não?!...onde esta a regra que nos impede de tal demonstração?!
Vivo hoje uma relação BDSM baseada na confiança e lealdade, sei que meu DONO esta a meu lado em todos os momentos, tanto os bons como os maus. Um DONO que tem dedicação a mim, pois para ELE cuidar de mim é a coisa mais importante em SUA vida, pois lhe sou importante e valiosa, e ELE sabe que recebe de mim nada menos que isso, sabe que me tem entregue a ELE desde o amanhecer até o momento de repousar minha cabeça no travesseiro. Vivemos uma troca de sentimentos, de doação. Vê-lo feliz, satisfeito...isso não tem preço...faria e faço de tudo para isso, mesmo em tarefas que me deixam confusa a principio ou mesmo insegura, e só mais adiante consigo entender o que ELE pretendia, até essas tarefas realizo com profunda alegria, pois a SUA alegria passou a ser a minha. Isso é sentimento...uma relação BDSM. Conhecemos as regras e jogamos conforme elas, vivemos o BDSM não apenas em momentos oportunos, mas em nossas vidas diárias, não apenas em teorias mas na prática...na entrega...na dedicação...no compromisso de um para com o outro...no domínio DELE para com a minha submissão.
Para que taxarmos disso ou daquilo?! Por que ao invés de nos preocuparmos com os nomes não passamos a nos preocupar em sermos felizes?!
Relação BDSM não é feita de tapas é feita de entrega, responsabilidade, dedicação, amor e respeito.
Assim penso eu, posso estar errada e mudar este texto no futuro, mas no momento esta é minha visão.

by {cristal}_DARIUS

12 comentários:

{myrah}_ALDO disse...

Que delícia de texto.
Que delícia de blog, obrigada pelo convite.

Um beijo enorme
Flores de
{myrah}_ALDO

Anônimo disse...

Texto muito bem retratado. Uma leitura prazerosa. Adorei.

Darius disse...

Texto perfeito como sempre. Sempre digo que todos os sentimentos foram feitos para serem vividos, mas alguns teimam em taxar muitos como "baunilha" e se privam de experimentar novas sensações, coisas que apenas viriam a acrescentar.
Não poderia esperar algo mais acertado de uma sub minha, do que um texto como esse. Tenho muito orgulho de você, minha Cristal.

Venus disse...

Parabéns!!!
Belissimas e verdadeiras palavras.
Só quem vive o BDSM de uma forma sincera, honesta, e real sabe o significado de cada uma destas palavras.
Concordo com o Dono de ti, que todos os sentimentos foram para ser vividos.
Adorei seu blog!
Beijos
Vênus Cadela do Mestre Sádico

karyne disse...

que delicia de texto mocinha, concordo com cada palavra, bdsm é paixão, parabéns mais uma vez amiga, não podia esperar menos de vc ...

beijos...te adoroooo

{cristal}_DARIUS disse...

{myrah}_ALDO,
Delicia é ter você aqui comigo, muito obrigada!
Beijos doces!

{cristal}_DARIUS disse...

Venus é uma enorme honra tê-la aqui. Sim, todos os sentimentos são para serem vividos, experimentar isso é algo sublime, pena que nem todos conseguem ver a magnitude dessa entrega.
Beijos doces!

{cristal}_DARIUS disse...

Karyne...amiga que cresce a cada dia em meu coração...acredito que você saiba exatamente o sentido de cada uma dessas palavras do texto.
Beijos doces!

{cristal}_DARIUS disse...

DONO te adoro!
O SEU apoio, o SEU cuidar, o SEU modo de ver o mundo, tanto o baunilha como BDSM, tudo isto esta me fazendo vislumbrar uma maneira única de sentir, o sentir com o coração, com a alma, ver as coisas por inteiro, vivenciar cada momento de forma plena encarando meus medos com a certeza de LHE te a meu lado.
SUA cristal.

{jhessy}SANTIAGO disse...

querida amiga cristal,
adorei seu texto e digo que meu Dono e eu não temos receio em demonstrar nossos sentimentos um pelo outro e isso só tem fortalecido nossa relação.
se isso significa abaunilhar ... bem, sou feliz assim e não conseguiria me entregar de outra forma.
eu assumo meu romantismo! assumo que amo, mas que também gosto e preciso me sentir amada.
beijos ternos à Ti e saudações respeitosas ao seu Senhor.
{jhessy}SANTIAGO

{cristal}_DARIUS disse...

jhessy querida,
Demonstrar nossos sentimentos só nos fortalece. Não importa o nome ou conceito dado a isso, o que realmente importa é como você disse: a nossa felicidade. Assumir essa felicidade é muito bom, nos faz bem...e confesso que a mim tem feito um bem enorme e só acrescentado na minha entrega como submissa.
Agradeço as saudações em nome de meu DONO.
Beijos doces, amiga!

{aninha} do DOM P.A.C disse...

Querida {cristal}

Recentemente eu e o Dono tivemos uma conversa muito franca sobre sentimentos, e pudemos observar juntos, que não há como não haver sentimentos envolvidos entre o Dono e a sub quando há química,entrega,obediência...
Aos meus olhos, acho impossível uma mulher não apaixonar-se ou amar aquele a quem de presente entregou sua vida, corpo, alma, desejos e necessidades. Mas esse são os olhos de uma sub iniciante...Afinal o que eu sei...Nada. Apenas sinto com a alma. Obrigada por estar sempre visitando o cantinho da {aninha} do DOM P.A.C.
Tenha uma execelente semana aos pés do Dono. Beijos.